Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

20/03/2018

Descubra os diferentes tipos de whey protein

A proteína do leite bovino é constituída por cerca de 80% de caseína e 20% de proteína do soro do leite. As proteínas do soro são extraídas da porção aquosa do leite, onde também encontramos vitaminas (ex: vitamina A), minerais (cálcio) e lactose, e na porção mais “sólida”, caseína e gorduras. Entre as proteínas do soro as mais predominantes são beta-lactoglobulina (BLG) e alfa-lactoalbumina (ALA).
A proteína do soro do leite é uma das proteínas de maior qualidade, devido o seu alto teor de aminoácidos essenciais, BCAAs e leucina. Apresenta alta digestibilidade, rápida absorção, aumento temporário nos níveis de aminoácidos no sangue e sinalização para síntese proteica no músculo.

Tipos de whey protein:
Whey protein concentrada: pode conter entre 25 a 89% de proteínas, carboidratos (lactose) e lipídeos. Um bom “whey concentrado” contém em torno de 80% a 89% de proteínas do soro do leite, reduzindo a quantidade de carboidratos e gorduras.

Whey protein isolada: sofre processo de filtração obtendo mais de 90% de proteínas, possui maior grau de pureza, sendo removidos à lactose e gorduras.

Whey protein hidrolisada: o processo de hidrólise consiste em quebrar as proteínas em tamanhos menores, facilitando a digestão e sendo rapidamente absorvida. Entretanto, este processo de hidrólise pode estar presente na forma concentrada (que terá lactose) e na forma isolada.

Blends proteicos: esta mais recente “versão” pode conter a mistura de proteína concentrada, isolada e hidrolisada. Possui melhor sabor e preço do que a proteína isolada e hidrolisada.


Existe benefício da utilização da forma isolada para a concentrada ou blend?
Há um limite máximo de estímulo à síntese proteica através da ingestão de proteínas que parece estar entre 20 a 25g. Aumentar a dose da suplementação não potencializa a síntese proteica. O importante é fazer uma correção na proporção utilizada do whey concentrado ou dos “blends”, avaliar marcas para que seja alcançada a dose de 20 a 25g de proteína/scoop. O custo da proteína isolada é muito mais caro, apresentando benefício para indivíduos com sensibilidade ou intolerância à lactose.


Existe benefícios na utilização da forma hidrolisada (concentrada ou isolada) que apresenta custo mais elevado?
Como as partículas são menores, o benefício seria a rápida digestão e absorção, indicado para atletas que treinam em curto intervalo de tempo. Atenção que existe a forma concentrada hidrolisada, que não deve ser consumida por intolerantes ou sensíveis à lactose.
Para aumento de massa muscular - hipertrofia - é preciso estímulo (treinamento de força) associado ao combustível, alimentação adequada, através de maior ingestão proteica. Diversos estudos demonstram que a ingestão diária adequada de proteína está associada à manutenção e ganho de massa muscular, aumento da força muscular, maior densidade mineral óssea e menor perda óssea. Mais estudos são necessários comparando a utilização destas formas de whey protein para realmente comprovar quais os reais benefícios entre os diferentes tipos para que ocorra hipertrofia muscular e potencialização a força.

Texto tirado do site Globo Esporte - Link para a matéria : https://globoesporte.globo.com/google/amp/https://globoesporte.globo.com/eu-atleta/nutricao/noticia/descubra-os-diferentes-tipos-de-whey-protein.ghtml